Páginas

Cadastre-se aqui para receber as postagens em SEU E-MAIL!

sábado, 21 de março de 2015

Dublagem amadora de Roger estraga "Battlefield: Hardline" brasileiro.

                        Roger, vocalista do Ultraje a Rigor                       

Contratar uma celebridade para participar de um jogo se tornou uma estratégia recorrente para a Warner Games. Os globais Tiago Leifert e Caio Ribeiro em "FIFA 15", os humoristas Marcos Veras e Rafael Infante em "Lego Batman 3" e agora, o cantor Roger Moreira em "Battlefield: Hardline".



No game, Roger empresta a voz para Nick Mendoza, policial de Miami, nascido em Cuba (que ironia, não?) e que se vê envolvido em uma rede de tráfico de drogas e policiais corruptos. Roger se posiciona publicamente contra a corrupção (e quem se posicionaria a favor?) e esse talvez seja o motivo para associar o cantor ao policial que luta contra tiras corruptos - mas a associação é tênue demais para se esperar que o jogador chegue a essa conclusão.
Nick Mendoza, o detetive interpretado por Roger é um cara certinho mas durão, que veio de baixo e fez uma carreira na polícia, uma espécie de sonho americano ao estilo "Miami Vice". Nick tem convicções fortes sobre honestidade e lealdade. Sua versão brasileira estaria melhor na voz de um Wagner Moura, o eterno capitão Nascimento de "Tropa de Elite", coisa que Roger nunca será.
Mais do que jogada de marketing, colocar Roger no papel principal do game é uma escolha infeliz: o músico e apresentador é mais conhecido pelas posições políticas "de direita" e pelas discussões polêmicas na internet do que por qualquer talento para a atuação. E em "Hardline" onde Roger atua ao lado de dubladores profissionais, isso fica ainda mais evidente.
A voz do cantor não combina com o personagem, mesmo quando ele tenta imprimir alguma emoção. Pior ainda quando Roger adapta o roteiro para soar mais natural, o resultado passa longe do alvo, com falas que não combinam com o detetive certinho. "Passa umas paradas loucas na cabeça, véi".
Em outros momentos, Roger soa apático, sem expressão alguma. Falta ao cantor a interpretação que seus colegas de estúdio emprestam aos coadjuvantes do game.   
Sugestão(Imagens engraçadas, analises, etc.)? envia aí nos comentários ou pelo e-mail: comedianteh@outlook.com


"Não se esqueçam de compartilhar com os amigos e curtir...para ajudar o blog."
         Fonte Uol jogos.com"http://jogos.uol.com.br/ultimas-noticias/2015/03/20/dublagem-amadora-de-roger-estraga-battlefield-hardline-brasileiro.htm"

Pesquisar neste blog